15
Abr 10
publicado por antoniovitorino, às 12:46link do post | comentar

Uma investigação levada a cabo pela organização americana Pew Charitable Trust revelou alguns dados interessantes sobre o crescimento e produção das indústrias ligadas às energias renováveis. Segundo o relatório Who's Winning the Clean Energy Race? Growth, Competition and Opportunity in the World's Largest Economies, as principais economias mundiais acentuaram as suas prioridades nos domínios da produção de energias limpas, registando um aumento dos investimentos que rondará valores próximos dos 230%, nos últimos 5 anos.

Individualmente, coube à China o papel de maior investidor, com políticas de incentivo à utilização de energias renováveis, sobretudo no que diz respeito à energia eólica, solar e biomassa. Em 2009, por exemplo, o investimento terá sido de 34,6 biliões de dólares, praticamente o triplo do investimento que os Estados Unidos realizaram no mesmo período. Esta situação permitiu que a China ultrapassasse os Estados Unidos no Ranking mundial de investimentos em energias renováveis. Desta lista fazem parte ainda o Reino Unido, a Espanha e o Brasil.

Quanto ao Ranking mundial de produção de energia a partir de fontes de energia renováveis, os Estados unidos continuam a liderar, sendo que a China poderá ambicionar ao topo da pirâmide de produção de energia limpa se mantiver a aposta verificada nos últimos anos.

Este é, naturalmente, um sinal encorajador para o futuro do nosso planeta.

Para uma leitura mais detalhada sobre este relatório, deixo aqui a ligação: http://www.pewglobalwarming.org/cleanenergyeconomy/pdf/PewG-20Report.pdf

 


Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
17

18

25


Pesquisar
 
Tags

todas as tags

blogs SAPO